inspiraçõesreferência

8 dicas pra desenhar um mural na sua casa!

By 2 de agosto de 2018 No Comments

Fala turma!

Hoje vou compartilhar 8 dicas para você desenhar um mural lindão na sua casa,praticar e ganhar segurança antes de fazer alguns projetos comissionados. Sei que alguns de vocês já tem parede de giz em casa e às vezes falta um empurrãozinho, né? Que tal topar esse desafio e aproveitar as dicas teste post? Mas se você não tiver parede em casa, tudo bem, descola uma chapa de mdf e pinta com esmalte sintético fosco (para madeiras ou metais), deixa secar por pelo menos 2 a 3 dias e bora riscar de giz!

Então vamos lá!
Por onde começar?

Dica 01 . “Decidindo o que você quer comunicar”

Escolha uma frase e/ou temática que você gostaria de trabalhar e escreva no papel sem pensar em qual tipo de letra vai usar ou quais elementos vai ilustrar. Apenas escreva, com sua letra e sem compromisso de escrever bonito nesse momento. Essa ação te ajudará a perceber de quantas palavras sua frase é composta, quais são as palavras-chaves e o mais importante a ser destacado.

Dica 02 . “Rabiscando as primeiras ideias” 

Ainda no papel, desenhe a dimensão da sua superfície (ex: quadrada / retangular / vertical / horizontal) na proporção exata e planeje nesse momento mais detalhes da sua arte. Rabisque algumas opções. Estude diferentes movimentos (curvas, ondas, faixas, ornamentos) e espaços. Esse estudo prévio vai ajudar a destravar algumas ideias iniciais e evoluir aos poucos.

Dica 03 . “Partiu desenhar na parede!”

Hora de rabiscar os primeiros traços na parede. Comece separando os espaços de cada elemento / palavra. Normalmente eu uso fita crepe ou barbante para me guiar nas linhas retas verticais e horizontais ou até para usar pontos de fuga e auxiliar em formas arredondadas. Quando faço trabalhos pessoais como esse, em casa, me permito desenhar mais livremente na parede e fazer alterações na evolução do desenho em grande formato (afinal, não precisamos aprovar um rascunho previamente com o cliente). Esse tipo de exercício faz com que a gente se solte e adquira mais confiança.

Dica 04 . “Refinando seu desenho”

Faça todo seu rascunho em giz sem muita pressão. Assim você pode apagar coisas que não gosta e redesenhar o que achar necessário. Termine todo o rascunho da sua arte antes de começar a finalizar.

Dica 05 . “Detalhes que fazem a diferença no seu mural”

Só depois de estar certo de que chegou ao resultado que queria de composição, comece a finalização. Depois de 5 anos trabalhando com giz, passei a utilizar mais nuances esfumaçadas, sombras e detalhes que dão volume às minhas artes. Por isso, começo sempre fazendo esses detalhes antes de traçar os contornos.

Dica 06 . “Obtendo linhas bem definidas com giz”

Tenha paciência, estamos quase lá! Finalizar e caprichar nos detalhes leva tempo. Dica preciosa: aponte seu giz para fazer os contornos e contrastes das linhas principais, isso ajuda muito a controlar melhor o traço e conseguir linhas mais bem desenhadas e definidas dando corpo ao seu desenho.

Dica 07 . “Um respiro e descanso pros olhos faz bem…”

Cansou de olhar pro desenho? Tá achando tudo ruim? Larga o lápis e o giz. Vai dormir, sai pra dar um rolê, ver um filme… Prometo que quando você voltar vai ver coisas que já não estava mais enxergando. Trabalhar com arte exige tempo, maturação e calma. Quando ficamos olhando muito tempo pra mesma coisa, perdemos a sensibilidade.

Dica 08 . “Tá feito. Bora compartilhar!”

Chega de perfeccionismo? Deu um ar pra cabeça? Então, bora de fazer os últimos retoques e colocar essa belezura pro mundo ver! Faça alguns registros, compartilhe com seus amigos ou nas redes sociais. É sempre legal ter um feedback de outras pessoas. Sempre aprendi muito pedindo opinião e mostrando o que eu estava criando. A gente só ganha com isso! Se joga na rede, e compartilha com a nossa hashtag #oficinadegiz 

Gostou das dicas? Quer aprender mais?
Aproveita que tenho conteúdo online também. Curso para iniciantes – módulo 1 – em português já disponível.
Lançamento do Módulo 2 em março de 2019.

Curso online aqui

Author Cris Pagnoncelli

Cristina Pagnoncelli é designer gráfica e artista visual. Ministra workshops há cerca de 3 anos e trabalha com diversos projetos que envolvem a concepção de identidades visuais, ilustrações e letterings em grandes formatos. Desde 2011 tem seu próprio estúdio, Desfigure, em Curitiba, e também integra o coletivo Criatipos, que surgiu da união de quatro amigos designers apaixonados por tipografia e letras ilustradas.

More posts by Cris Pagnoncelli

Leave a Reply

replicas de relogios replicas breitling